UERJ

Diretora: Prof.ª Ana Maria de Almeida Santiago

Vice-diretora: Prof.ª Mariza de Paula Assis

Secretários: 

Cassiano Monteiro
Pedro Xavier de Souza


    A Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – FFP/UERJ, situada em São Gonçalo, município do leste da região metropolitana do Rio de Janeiro, é a maior unidade da UERJ fora do campus Maracanã (RJ). Dedicada à formação de professores, oferece hoje 6 (seis) cursos de licenciatura plena, 9 (nove) cursos de pós-graduação (especialização), 6 (seis) mestrados – sendo 4 acadêmicos e 2 profissionais – e um doutorado.

    Sendo a única unidade de uma universidade pública localizada no município de São Gonçalo, a FFP/UERJ atende a cerca de 2500 alunos de graduação oriundos de inúmeros municípios da Região Metropolitana e do interior fluminense, inscritos em cursos de licenciatura em Pedagogia, História, Geografia, Matemática, Letras (Português/Literatura e Português/Inglês) e Biologia. Seu projeto político-pedagógico apoia-se na vinculação técnico científico sobre a realidade educacional, social, ambiental e cultural, sobretudo, no leste metropolitano do Rio de Janeiro.

    O corpo docente de alto nível acadêmico é comprometido com o desenvolvimento de projetos de pesquisa, bem como atividades de extensão. Possui 22 (vinte e dois) grupos de pesquisa reconhecidos pelo CNPq, mais de 100 (cem) projetos de pesquisa apoiados por agências de fomento como a FAPERJ e CNPQ, dentre outras fontes.

    No campo da extensão são 50 projetos, 30 cursos e 24 eventos cadastrados no biênio 2013-2014 – todos em contato com a sociedade fluminense, com órgãos do poder público e com movimentos sociais. São mais de 250 bolsistas de pesquisa – Iniciação Científica (UERJ, Faperj e CNPq), Iniciação à Docência e Extensão. A FFP tem promovido eventos integrados com fóruns institucionalizados, conselhos, federações de movimentos sociais, rede de escolas do município de São Gonçalo e adjacentes.

    Possui diversos convênios com prefeituras, órgãos públicos e universidades nacionais e estrangeiras; é Centro-Membro do Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais – CLACSO, com a participação de diversos professores doutores articulando temas de investigações compartilhadas com outras universidades.